Content is available only in Portuguese. For more information contact us at feambra@feambra.org

Fique por Dentro - Março/2011

Fique por Dentro Março 2011
   
Voluntários e museus: área em desenvolvimento
Confira a entrevista com Silvia Naccache, do Centro de Voluntariado de São Paulo, que vê grande potencial nos museus para o trabalho voluntário
   
Vem aí a 9ª Semana Nacional de Museus
Com milhares de eventos por todo o País, a Semana integra a programação do ICOM para o Dia Internacional de Museus, 18 de maio
   
Portal Feambra abre novo espaço para divulgação 
Portal Feambra passa a oferecer a seção Classificados para facilitar a aproximação entre museus e entre instituições e profissionais como artistas, curadores e professores
    
   
Voluntários e museus: área em desenvolvimento
   
Voluntarios e Museus
   
Há um grande espaço para o trabalho voluntário nos museus brasileiros e na área cultural, em geral. Para abrir caminho para novas iniciativas referentes à participação na construção de uma sociedade mais justa e solidária, a Feambra conversou com a biomédica Silvia Maria Louzã Naccache, coordenadora do Centro de Voluntariado de São Paulo desde 2003. Confira alguns trechos da entrevista:
   
Feambra: Qual a importância do voluntariado? 
Silvia Naccache: O trabalho voluntário é uma união de esforços de pessoas que enxergam a vida diferente e que se propõem a minimizar as dificuldades do outro, muitas vezes tão distantes de seu próprio entendimento e convívio. Todos juntos na construção de uma sociedade mais justa e solidária, de um mundo melhor para todos nós hoje e para as gerações futuras.
 
F.: Quais as principais requisitos para ser um voluntário? 
S. N.: Todos podem ser voluntários, mas existem algumas questões para refletir antes de se iniciar um trabalho voluntário. O voluntariado é uma escolha pessoal, individual e é importante o voluntário saber o que gostaria de fazer, o que tem de melhor para oferecer e o que acredita que faria diferença. Os valores têm que ser coerentes com os valores da organização social escolhida. Cada voluntário deve pensar quais as habilidades ou talentos que tem de melhor e que deseja compartilhar, e também deve avaliar se pode cumprir o tempo de acordo com sua disponibilidade e com muito comprometimento, respeito e empatia.
   
F.: Quais os setores mais procurados por quem quer fazer trabalho voluntário?
S. N.: Temos dados apenas das pessoas que passaram pelo CVSP, mais de 125 mil foram orientadas em voluntariado e temos, hoje, em nosso cadastro, mais de 1.000 organizações sociais oferecendo oportunidades de ação voluntária na cidade de São Paulo e grande São Paulo. No voluntariado a pessoa escolhe as qualificações e as habilidades que deseja compartilhar e usar em sua ação voluntária. Existem, no entanto, alguns talentos que devem estar presentes em qualquer ação escolhida: acreditar na causa, projeto ou organização na qual for atuar, comprometimento, responsabilidade, dinamismo e alegria naquilo que está realizando. Talvez essa seja a principal característica do voluntário do século 21! Essa consciência de que ser voluntário é uma maneira inteligente de fazer bem a si próprio e para o outro e com isso para o planeta! É abertura para novas experiências, oportunidades de aprendizado e sentir prazer em ser útil.
   
F.: Como é o trabalho voluntário em relação a museus?
S. N.: Apesar de um grande número de possibilidades de ações voluntárias na área cultural, como oficinas de musica, teatro, coral, artes, artesanato, instrumentos musicais etc, o voluntariado em museus ainda é uma área nova. O importante é escolher uma atividade que traga satisfação e que, utilizando suas aptidões e conhecimentos, com comprometimento, amplie e fortaleça os serviços oferecidos pelos museus, otimize os recursos humanos e financeiros e, ainda, aproxime os museus da comunidade.
 
A entrevista na íntegra pode ser acessada pelo associado no portal www.feambra.org
   
   
Vem aí a 9ª Semana Nacional de Museus
   
Dia Internacional de Museus
   
Os museus brasileiros já se preparam para a 9ª Semana Nacional de Museus, a ser realizada entre 16 a 22 de maio, uma iniciativa que mobiliza as instituições na promoção de milhares de eventos por todo o País. 
   
São exposições, filmes, seminários, debates, entre outras atividades, que integram as comemorações do Dia Internacional de Museus, 18 de maio, lideradas pelo Conselho Internacional de Museus (International Council of Museums - ICOM). A intenção da entidade é envolver o mundo inteiro e aumentar a conscientização do papel dos museus no desenvolvimento da sociedade.
 
A cada ano, o ICOM propõe um tema para a data, e os países participantes organizam eventos na semana do dia 18. Neste ano, o tema será 'Museu e Memória'. Segundo a entidade, os museus preservam memórias e contam histórias. Cada um tem, em suas coleções, inúmeros objetos fundamentais para a memória da comunidade em que está inserido. Assim, o Dia Internacional de Museus 2011 será uma 'oportunidade para descobrir e redescobrir sua memória individual e coletiva'. 
   
No Brasil, segundo o Ministério da Cultura (MinC), a Semana Nacional de Museus já promoveu mais de 9 mil eventos desde que teve início, em 2003. As inscrições para a Semana já estão encerradas e agora se espera a divulgação do calendário de eventos. No ano passado, a comemoração reuniu mais de 30 mil museus em 95 países, de acordo com o MinC, e tem sido responsável pelo aumento da visitação.
   
    
Portal Feambra abre novo espaço para divulgação
   
Classificados Feambra
   
O portal Feambra passa a oferecer a seção Classificados para facilitar a aproximação entre museus e entre instituições e profissionais como artistas, curadores e professores. 
   
Museus poderão utilizar o espaço para a divulgação de seus produtos ou serviços, como sua loja ou café. Pessoas físicas podem se valer da seção para anunciar produtos ou serviços relacionados à arte e à cultura. A adequação aos objetivos do portal será objeto de avaliação pela Feambra. 
   
O tamanho do classificado é de 242 x 150 pixels e pode ser visualizado na página de Classificados do portal. 
   
Saiba mais entrando em contato pelo e-mail feambra@feambra.org ou pelo telefone 
(11) 3085-4402. Para o associado, a divulgação será gratuita durante todo o ano de 2011.